Journal of Coloproctology Journal of Coloproctology
J Coloproctol. (Rio J.) 2017;37:199-204 - Vol. 37 Num.3 DOI: 10.1016/j.jcol.2017.03.009
Original Article
Oncology ostomized patients’ perception regarding sexual relationship as an important dimension in quality of life
Um olhar dos homens estomizados intestinais oncológicos sobre a relação sexual como dimensão importante na qualidade de vida
Cristilene Akiko Kimuraa,b,, , Dirce Bellezi Guilhemc, Ivone Kamadad, Breno Silva de Abreua,b,d, Renata Costa Fortesb,d
a Universidade de Brasília (UnB), Brasília, DF, Brazil
b Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires (Facesa), Valparaíso de Goiás, GO, Brazil
c Universidade de Brasília (UnB), Faculdade de Ciências da Saúde, Brasília, DF, Brazil
d Universidade Paulista, Brasília, DF, Brazil
Received 27 April 2016, Accepted 27 March 2017
Abstract
Introduction

For ostomized oncological patients, the physical body alterations affects the quality of life, as the changes in the self-concept are factors that directly affect the sexual life.

Objective

To analyze the perceptions of ostomized men due to intestinal cancer regarding sexual relations as an important dimension of quality of life, treated at the Ambulatory Care Program for Ostomized Patients of the Health Secretariat of the Federal District, Brazil.

Methods

Epidemiological-based study, of the analytical type, with a cross-sectional descriptive design, with quantitative and qualitative approach considering the content analysis. The convenience sample included 56 participants. Sociodemographic, clinical, and the WHOQOL-BREF questionnaires were used, as well as an individual interview. Data were analyzed by Microsoft Office Excel 2010 and SPSS 20.0 software. Statistical significance was set at 5%.

Results

The Physical, Social Relations and Environment Domains are correlated with the mean score, statistical significance (p<0.0001), and the content analysis resulted in five categories: Ostomy, Self-Care, Acceptance, Self-concept, and Companionship.

Conclusion

Sexuality should be considered as a process of daily living of ostomized individuals due to intestinal cancer.

Resumo
Introdução

Para a pessoa estomizada intestinal oncológica o significado da alteração no corpo físico afeta a qualidade de vida, pois encontra-se com as alterações no autoconceito são fatores que dificultam diretamente o relacionamento sexual.

Objetivo

Analisar as percepções dos homens estomizados intestinais oncológicos quanto ao relacionamento sexual como dimensão importante na qualidade de vida, atendidos pelo Programa de Assistência Ambulatorial ao Estomizado da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, Brasil.

Métodos

Estudo de base epidemiológica, de caráter analítico, com delineamento transversal e descritivo, com abordagem quantitativa e qualitativa à luz da análise de conteúdo. A amostra foi constituída por conveniência, incluídos 56 participantes. Utilizou-se os questionários sóciodemográfico, clínico, e o WHOQOL-bref e uma entrevista individual. Os dados foram analisados pelos programas Microsoft® Office Excel 2010 e SPSS 20.0. A significância estatística aceita foi de 5%.

Resultados

Os Domínios Físico, Relações Sociais e Meio Ambiente estão correlacionadas com o escore médio, significância estatística (p<0,0001), a análise de conteúdo resultou em cinco categorias: Estomia, Autocuidado, Aceitação, Autoconceito e Companheirismo.

Conclusão

A sexualidade deve ser considerada como processo do viver cotidiano do estomizado intestinal oncológico.

Keywords
Quality of life, Ostomy, Sexuality, Colorectal neoplasms
Palavras-chave
Qualidade de vida, Ostomia, Sexualidade, Neoplasias colorretais
J Coloproctol. (Rio J.) 2017;37:199-204 - Vol. 37 Num.3 DOI: 10.1016/j.jcol.2017.03.009