Journal of Coloproctology Journal of Coloproctology
J Coloproctol. (Rio J.) 2017;37:179-86 - Vol. 37 Num.3 DOI: 10.1016/j.jcol.2017.03.002
Original Article
Subjective processes surgical treatment in patients with stages of the disease hemorrhoidal
Magno Otávio Salgado de Freitasa,b,, , Jaciara Aparecida Dias Santosa, Cristina Andrade Sampaioc,d
a Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES), Montes Claros, MG, Brazil
b Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES), Departamento de Clínica Cirúrgica, Montes Claros, MG, Brazil
c Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, SP, Brazil
d Universidade Estadual de Montes Claros (UNIMONTES), Departamento de Saúde Mental e Coletiva, Montes Claros, MG, Brazil
Received 22 November 2016, Accepted 19 March 2017
Abstract
Introduction

Hemorrhoidal disease afflicts 4.4% of the world population, being the most common anal disorder. Surgical treatment is used for about 5–10% of cases where conservative procedures have not worked.

Objective

To understand the trajectory and perception of individuals submitted to surgical treatment of hemorrhoidal disease.

Methods

This is a descriptive study with a qualitative approach, which emphasized Cartography as the main method in the analysis of the results. Data were produced through individual interviews recorded and transcribed in full, from March to June 2015, in a Polyclinic and in a public hospital in the municipality of Montes Claros-MG. Twelve interviews were carried out.

Results

The results evidenced the existence of processes of subjectivization that, through affectations, cause individuals to demonstrate a transcendent thought, exemplified by the sensation of a self-knowledge of the disease, including correlating it with possible hereditary, behavioral and alimentary causes. There was an escalation in the various levels of health care, standardized by the public system, sometimes revealing a molar thought, preventing the occurrence of an event, reducing power and failing to achieve a plan of immanence with the complete resolution of the problem. The hard lines, evidenced by a delay in obtaining a treatment thanks for fear and shame, favored self-medication, with a worsening of symptoms.

Conclusion

It was noted that there were obstacles in all levels of the SUS that made it difficult to reach the surgical treatment, but all patients were considered with surgery and with the postoperative period.

Resumo
Introdução

A doença hemorroidaria aflige 4,4% da população mundial, sendo o distúrbio anal mais comum. O tratamento cirúrgico é utilizado para cerca de 5 a 10% dos casos em que os procedimentos conservadores não surtiram efeito.

Objetivo

Compreender a trajetória e percepção dos indivíduos submetidos ao tratamento cirúrgico da doença hemorroidária.

Métodos

Trata-se de um estudo descritivo de abordagem qualitativa, que privilegiou a Cartografia como método principal na análise dos resultados. A produção dos dados ocorreu por meio de entrevistas individuais gravadas e transcritas na íntegra, no período de março a junho de 2015, em uma Policlínica e em um hospital público do município de Montes Claros-MG. Foram realizadas 12 entrevistas.

Resultados

Evidenciaram a existência de processos de subjetivação, que por meio de afetamentos, fazem com que os indivíduos demonstrem um pensamento transcendente, exemplificado pela sensação de um autoconhecimento da doença, inclusive correlacionando-a com possíveis causas hereditárias, comportamentais e alimentares. Evidenciou-se uma escalada pelos vários níveis de atenção à saúde, normatizados pelo sistema público, deixando transparecer em alguns momentos um pensamento molar, impedindo o surgimento de um acontecimento, reduzindo a potência e deixando de atingir um plano de imanência com a completa resolução do problema. As linhas duras, evidenciadas pela demora em se conseguir um tratamento, pelo medo e pela vergonha, favoreceram a automedicação e o agravamento dos sintomas.

Conclusão

Notou-se que houve entraves em todos os níveis do SUS que dificultaram o alcance ao tratamento cirúrgico, mas todos os pacientes se consideraram satisfeitos com a cirurgia e com o pós-operatório.

Keywords
Hemorrhoids, Hemorrhoidectomy, Cartography, Qualitative research
Palavras-chave
Hemorroidas, Hemorroidectomia, Cartografia, Pesquisa qualitativa
J Coloproctol. (Rio J.) 2017;37:179-86 - Vol. 37 Num.3 DOI: 10.1016/j.jcol.2017.03.002