Compartilhar
Informação da revista
Vol. 38. Núm. S1.
Páginas 188 (Outubro 2018)
Compartilhar
Compartilhar
Baixar PDF
Mais opções do artigo
Vol. 38. Núm. S1.
Páginas 188 (Outubro 2018)
VL55
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.407
Open Access
ENDOMETRIOSE INTESTINAL ‐ VAMOS PRESERVAR O RETO?
Visitas
207
Luiz Carlos Benjamin do Carmo, Renato Barretto Fereira da Silva, Gilberto J. Saba, Roger Camargo Mariano da Silva, Welly Minghun Chiang
Hospital e Maternidade São Luiz Unidade Itaim, São Paulo, SP, Brasil
Este item recebeu
207
Visitas

Under a Creative Commons license
Informação do artigo
Texto Completo
Baixar PDF
Estatísticas
Texto Completo

Os autores com vastas experiência em cirurgia da Endometriose profunda com comprometimento do Reto, concluiram que sempre que possível deve‐se evitar a ressecção do Reto por se tratar de uma doença benigna em pacientes jovens. A abordagem radical com anastomose baixa pode trazer algum distúrbio evacuatório ao longo da sua vida. Nossa proposta associada ao advento da crurgia robótica é demonstrar nossa tecnica que é conservadora, realizamos a resecção da lesão associado a escarificação até a camada muscular e rafia extra mucoso da parede do reto.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Receba a nossa Newsletter

Opções de artigo
Ferramentas
en pt
Cookies policy Política de cookies
To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.