Journal Information
Vol. 38. Issue S1.
Pages 56 (October 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 38. Issue S1.
Pages 56 (October 2018)
P196
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.119
Open Access
ABORDAGEM VIDEOLAPAROSCÓPICA DO CISTOADENOMA MUCINOSO DE APÊNDICE: RELATO DE CASO
Visits
...
Marcelo Mendes Ribeiro, Erico de Carvalho Holanda, Alexandre Medeiros do Carmo, Milena Macedo de Sousa, Rafaella Alcantara Alves Melo, Juliana Bezerra Farias, Erica Uchoa Holanda
Hospital Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza, Fortaleza, CE, Brasil
Article information
Full Text

Introdução: Cistoadenoma mucinoso do apêndice é uma lesão rara, caracterizada pelo acúmulo de secreção mucóide em sua luz. Diagnóstico precoce é fundamental para evitar o extravasamento de secreção mucóide na cavidade peritoneal, causando pseudomixoma peritoneal.

Descrição do caso: Paciente sexo masculino, 59 anos, completamente assintomático. Realizou uma colonoscopia para rastreio de câncer colorretal que evidenciou abaulamento em topografia do óstio apendicular apresentando compressão extrínseca e também uma lesão, supostamente epitelial, elevada e espraiada sugestiva de adenoma, justa abaulamento. Tomografia de abdome evidenciou no flanco direito estrutura cística compatível com mucocele de apêndice cecal. Exames laboratoriais e dosagem do CEA encontravam‐se sem alterações. O paciente foi submetido a uma colectomia direita videolaparoscópica com anastomose íleo‐transversa látero‐lateral por duplo grampeamento. O exame histológico mostrou tratar‐se de cistoadenoma mucinoso do apêndice vermiforme. O paciente evoluiu sem intercorrências.

Discussão: O cistoadenoma mucinoso de apêndice é um achado raro. As principais causas patológicas incluem cisto de retenção, mucocele secundária a epitélio hiperplásico, cisto de ovário, cisto de duplicação, cisto mesentérico e cistoadenocarcinomas. A doença é geralmente assintomática e o diagnóstico pré‐operatório é raro. O tratamento para cistoadenoma mucinoso de apêndice é cirúrgico e a preocupação principal do cirurgião é evitar o extravasamento do conteúdo da mucocele na cavidade abdominal.

Conclusão: O cistoadenoma mucinoso de apêndice é uma entidade incomum e com alto potencial de complicação, usualmente curável com tratamento cirúrgico adequado.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools