Journal Information
Vol. 39. Issue S1.
Pages 197-198 (November 2019)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 39. Issue S1.
Pages 197-198 (November 2019)
632
Open Access
Análise da redução das complicações pós operatórias das anastomoses de cirurgias colorretais por neoplasia confeccionadas com a utilização intra‐operatória do verde de indocianina
Visits
...
L.G.C. Romagnolo, F.K. Pina, Cd.C. Stanzani, M.C. Neto, F.D. Diniz, M.V.A. Denadai, C.A.R. Veo
Hospital de Câncer de Barretos, Barretos, SP, Brasil
Article information
Full Text

Área: Cirurgia Minimamente Invasiva, Novas técnicas cirúrgicas/Avanços Tecnológicos em Cirurgia Colorretal e Pélvicas e Anorretais

Categoria: Pesquisa básica

Forma de Apresentação: Tema Livre (apresentação oral)

Objetivo(s): Avaliar a redução de complicações pós operatórias com a utilização do verde de indocianina intra operatório

Método: Estudo retrospectivo que analisou prontuários de paciente submetidos a cirurgia oncológica colorretal em serviço oncológico de referência nacional entre o período de 01/09/2017 a 06/06/2019.

Resultados: Durante o período estudado foram identificados 56casos incluídos no presente estudo. O grupo contemplou igualmente o número de homens e mulheres. A idade dos pacientes variou de 18 a 84 anos. A média do IMC dos pacientes foi de 26,93. Dos casos operados, 6 (10,7%) evoluíram com complicações mas apenas um caso (1,78%) necessitou de medidas invasivas, os outros cinco casos foram relacionados a ileo prolongado. As vias cirúrgicas empregadas foram TEO (7,14%), laparotomico (1,78%) e videolaparoscópico (91,9%).

Conclusão(ões): A verificação da viabilidade vascular de anastomoses no intra operatório visando evitar complicações sempre foi um desafio para os cirurgiões. A técnica clássica consiste em dados subjetivos como avaliar o sangramento nos bordos, a palpação da arcada vascular e até mesmo a coloração do segmento. Nosso estudo vem em acordo com a literatura que apresenta melhores resultados na subpopulação de pacientes oncológicos com uso do verde de indocianina, como a metaanálise de Blanco‐Colina e colaboradores. A utilização do verde de indocianina mostra‐se promissor na redução de complicações em anastomoses colônicas e retais, principalmente em relação a fístulas onde obtivemos resultados expressivos em relação a média na literatura. Mais estudos são necessários para avaliar a superioridade técnica do Verde de indocianina em reduzir complicações relacionadas as anastomoses, quando comparada com a técnica clássica.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools