Journal Information
Vol. 38. Issue S1.
Pages 3-4 (October 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 38. Issue S1.
Pages 3-4 (October 2018)
P06
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.009
Open Access
ANÁLISE RETROSPECTIVA DE TUMORES NEUROENDÓCRINOS INTESTINAIS AO LONGO DE 10 ANOS NUM CENTRO TERCIÁRIO DE REFERÊNCIA
Visits
...
Miguel José Mascarenhas Saraivaa,b, Emanuel Diasa,b, Cláudia Pintoa,b, Pedro Coutinho Ribeiroa,b, Guilherme Macedoa,b
a Serviço de Gastrenterologia, Centro Hospitalar de São João, Faculdade de Medicina, Porto, Portugal
b Instituto Português de Oncologia do Porto, Porto, Portugal
Article information
Full Text

Introdução e objetivos: Os tumores neuroendócrinos intestinais (NETs) representam um grupo raro de neoplasias, com uma incidência de aproximadamente 0.5 em 100000 habitantes, constituindo uma pequena percentagem das neoplasias intestinais. Neste estudo, foram avaliadas a localização, tipo do tumor primário, grau de atingimento sistémico bem como outros aspetos clínico‐patológicos de relevo com impacto na sobrevida global e livre de doença.

Materiais: Foram avaliados 27 pacientes com tumores neuroendócrinos intestinais diagnosticados num centro terciário de referência entre 2008 e 2017. Foram incluídos neste estudo, todos os doentes com diagnóstico anatomopatológico confirmado no intervalo de tempo supracitado.

Sumário dos resultados: A localização primária mais frequente foi o íleo (13 doentes ‐ 48.2%), seguido do apêndice ileocecal (6 doentes – 22.2%), duodeno (5 doentes ‐18.5%), colon (2 doentes – 7.4%) e jejuno (1 doente – 3.7%), A maioria dos doentes era do sexo feminino (55,6%). A idade média na altura do diagnóstico foi de 52.3 anos (intervalo 22‐84 anos). Relativamente à classificação dos NETs intestinais (2010 WHO grading system for NETs) ao diagnóstico, 20 doentes em estadio G1 (74.1%), 6 em estadio G2 (22.2%) e 1 em estadio G3 (3.7%). Metástases na altura do diagnóstico estavam presentes em 6 pacientes no fígado (22.8%), em 1 paciente no pulmão e noutro paciente a nível ósseo. 23 pacientes (85.2%) foram submetidos a cirurgia e quimioterapia administrada em 12 casos (44.4%). Em consonância com séries de casos previamente publicadas, índices proliferativos baixos, a diferenciação histológica, ausência de doença locorregional, de angioinvasão e metastização correlacionam‐se com um melhor prognóstico.

Conclusões: A apresentação clínica e comportamento biológico dos NETs entéricos é extremamente variável, traduzindo grandes diferenças de sobrevida, consoante a localização, tipo do tumor primário e o grau de atingimento sistémico.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools