Journal Information
Vol. 37. Issue S1.
Pages 145-146 (October 2017)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 37. Issue S1.
Pages 145-146 (October 2017)
P‐168
DOI: 10.1016/j.jcol.2017.09.169
Open Access
AVALIAÇÃO DA UTILIDADE DA PESQUISA DE SANGUE OCULTO NAS FEZES COMO ORIENTADOR DA INDICAÇÃO DA COLONOSCOPIA NO RASTREAMENTO DO CÂNCER COLORRETAL
Visits
...
Rudimar Issler Meurera,b, Daniel Prab, Silvia Isabel Rech Frankeb, Mauricio Fraga da Silvaa, Guilherme Hoff dos Santos Meurera
a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, Brasil
b Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), Santa Cruz do Sul, RS, Brasil
Article information
Full Text

Objetivos: Avaliar a utilidade da pesquisa de sangue oculto nas fezes, pelo método imunoquímico (FIT), como etapa de triagem para a colonoscopia na prevenção do câncer colorretal (CCR).

Métodos: Estudo transversal, observacional com pacientes entre 40 e 80 anos, encaminhados para rastreamento de CCR, por colonoscopia. Na colonoscopia foram coletados os dados dos testes do FIT. Os achados histopatológicos foram coletados dos prontuários.

Resultados: Entre 93 pacientes analisados, 67 mulheres, com média de 63,1±9,9 anos. O FIT foi positivo em 51 pacientes (54,8%). Encontramos 23 (24,7%) casos de exames normais, 26 (28%) com adenomas, seis (6,5%) com adenocarcinoma e 15 (16,1%) com achados não neoplásicos. Entre 51 casos de FIT positivo encontraram‐se 35 (37,6%) casos positivos para adenoma ou adenocarcinoma. Nos 42 (45,2%) de FIT negativo, os adenomas e adenocarcinomas foram encontrados em 20 (21,5%) e zero, respectivamente. A sensibilidade do FIT foi de 63% e a especificidade de 57%, com um valor preditivo positivo e negativo de 69% e 52%. Houve correlação significativa para o tamanho do pólipo e FIT positivo (r=0,296; p=0,004) e para o número de pólipo/presença de tumor e FIT postivo (r=0,288; p=0,005).

Conclusão: O teste de FIT teve resultados concordantes com os colonoscópicos, nos adenomas avançados, nos adenocarcinomas ou na presença de dois ou mais pólipos, não manteve a concordância com a presença de adenomas menores. Entretanto, devido à baixa sensibilidade, este estudo sugere que a indicação de colonoscopia não deve ser alterada em consequência do resultado do exame FIT.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools