Journal Information
Vol. 37. Issue S1.
Pages 128-129 (October 2017)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 37. Issue S1.
Pages 128-129 (October 2017)
P‐128
DOI: 10.1016/j.jcol.2017.09.129
Open Access
CORREÇÃO DE RETOCELE COM MACROLIGADURA ELÁSTICA
Visits
...
Milossi Estheisi Romero Machuca, Andressa Marmiroli Garisto, Regina Greilberger, Antonio José Tibúrcio Alves Junior, Luciane Hiane, José Alfredo Reis Junior, José Alfredo Reis Neto
Clínica Reis Neto (CRN), Campinas, SP, Brasil
Article information
Full Text

Objetivo: Avaliar o uso de macroligadura elástica em parede anterior do reto para correção de retocele.

Métodos: Foram submetidas a macroligadura elástica para correção de retocele em nível ambulatorial 12 pacientes. Pacientes sob sedação, em posição de Sims. É feita anestesia local com 0,5mL de lidocaína na camada mucosa após introdução de anuscópio. Feitas macroligaduras consecutivas com aspiração de mucosa retal anterior redundante com aparelho aplicador de anéis de borracha por aspiração, a fim de proporcionar fibrose de tecido e correção de defeito de septo retovaginal.

Resultados: Até o momento foi feito seguimento de 12 meses do grupo estudado. Pode‐se observar nesse curto período melhoria no ato evacuatório e ausência de rediciva. O pós‐operatório foi controlado com analgesia simples, as pacientes não apresentaram sangramento anorretal. Oito pacientes apresentaram tenesmo nos primeiros dias após o procedimento, com melhoria espontânea.

Conclusão: O tratamento cirúrgico com macroligadura para reconstrução do septo retovaginal por abordagem endoanal mostrou excelentes resultados com baixos índices de complicação.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools