Journal Information
Vol. 38. Issue S1.
Pages 130 (October 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 38. Issue S1.
Pages 130 (October 2018)
TL27
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.279
Open Access
CORRELAÇÃO DO ÍNDICE DE MASSA CORPÓREA COM O TEMPO DE INTUBAÇÃO DO CECO NA COLONOSCOPIA
Visits
...
Carolina Natali Martins, Dayanne Alba Chiumento Zimmer, Flávio de Queiroz Silva, Paula Buozzi Tarabay, Gustavo Sevá‐Pereira, Joaquim José Oliveira Filho, David Emilio Vera Olivares
Hospital Municipal Dr. Mário Gatti, Campinas, SP, Brasil
Article information
Full Text

Objetivo: Analisar a interferência do Índice de Massa Corpórea (IMC) no tempo de realização do exame de colonoscopia.

Métodos: foram avaliados 321 pacientes submetidos a colonoscopia em hospital público no período de fevereiro a dezembro de 2017. Foram excluídos: pacientes com cirurgia cólica prévia (44), pacientes com preparo inadequado (10) e pacientes cujo exame não atingiram o ceco (34), resultando em uma amostra de 233 pacientes. Dividimos o tempo de realização de exame em até 6 minutos, de 6 a 10 minutos e maior que 10 minutos. Cada paciente teve seu IMC calculado e classificado segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Resultados: Em 59,2% o IMC encontrava‐se entre sobrepeso e obesidade grau I. A idade variou entre 15 e 87 anos. A média de idade foi 57,02 anos e o desvio padrão de 13,90 anos. Os exames foram realizados pelo mesmo endoscopista. 104 pacientes eram homens (44,6%) e 129 eram mulheres (55,4%). Como resultado, 120 pacientes (51,5%) encontravam‐se com tempo total de realização de colonoscopia em até 6 minutos, 64 (27,5%) no tempo de 6 a 10 minutos e 49 (21%) com tempo maior que 10 minutos. Dos 64 (27,5% da amostra) com exame realizado entre 6 a 10 minutos, 1 apresentava‐se com baixo peso, 18 eutróficos, 28 com sobrepeso, 12 com obesidade classe I, 2 com obesidade classe II e 3 com obesidade classe III. Dos 49 com exame realizado acima de 10 minutos (21%), 4 apresentavam‐se com baixo peso, 21 eutróficos, 16 com sobrepeso, 5 com obesidade classe I, 3 com obesidade classe II e nenhum paciente se enquadrava na obesidade classe III.

Conclusão: Não foi encontrada uma relação significativa entre o tempo de intubação do ceco e o IMC (p=0,041, ‐ amostra pouco representativa). Com base na nossa amostra, o menor tempo de realização de colonoscopia foi observado em pacientes com sobrepeso. Embora haja uma tendência numérica que mostra uma possível relação entre o IMC e o tempo de intubação do ceco, o nosso trabalho não encontrou uma associação significativa, devido aos poucos participantes, necessitando novas pesquisas sobre este tema.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools