Journal Information
Vol. 39. Issue S1.
Pages 127 (November 2019)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 39. Issue S1.
Pages 127 (November 2019)
496
Open Access
Diagnóstico da doença de crohn metastática: relato de caso
Visits
...
M.C. Rodrigues, S.D.F. Boratto, F. Balsamo, S.H.C. Horta, D.F. Santos, D.F. Santos, R.L.G. Slaibi
Faculdade de Medicina do ABC (FMABC), Santo André, SP, Brasil
Article information
Full Text

Área: Doenças Inflamatórias Intestinais

Categoria: Relatos de caso

Forma de Apresentação: Pôster

Objetivo(s): Relatar quadro Doença de Crohn metastática sem relação com atividade intestinal da doença.

Descrição do caso: Homem, 36 anos, com diagnóstico de doença de Crohn há 5 anos, em uso de mesalazina 800mg/dia, sem queixas gastrointestinais atuais, e colonoscopia evidenciando aspecto cicatricial de submucosa, sem sinais endoscópicos de atividade de doença. Há 6 meses notou aparecimento de múltiplas lesões cutâneas, recidivantes, disseminadas pela pele, pior em região de dorso. Ao exame clínico identificadas lesões eritematopapulosas, algumas pustulosas, outras ulceradas, dolorosas, localizadas em membros superiores, inferiores, dorso e glúteos. A equipe de dermatologia supôs diagnóstico de acne conglobata. Porém a equipe de coloproctologia optou por realizar biópsias por amostragem destas lesões, sendo identificados no histopatológico granulomas com áreas de ulceração, sugestivos de Doença de Crohn. Definimos diagnóstico de doença de Crohn metastática. Indicada terapia imunobiológica com infliximabe 5mg/kg/dose, associada a acompanhamento ambulatorial rigoroso.

Discussão e Conclusão(ões): Trata-se de doença rara, pouco discutida na literatura, frequentemente caracterizada por lesões cutâneas ulceradas com cicatrização lenta. Tais lesões raramente se apresentam sem manifestações intestinais associadas. O diagnóstico é histopatológico com achados de granulomas não caseosos. Como diagnóstico diferencial temos pioderma gangrenoso, micobacteriose atípica, tuberculose cutânea, micoses profundas, actinomicose, doença de Behçet, granulomatose de Wegener, poliarterite nodosa cutânea e acne conglobata. As terapias convencionais têm resultado pouco satisfatório sendo que a terapia biológica com anti TNF alfa com infliximabe apresenta resposta clínica satisfatória com baixo índice de complicaçóes nestes pacientes.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools