Journal Information
Vol. 38. Issue S1.
Pages 187-188 (October 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 38. Issue S1.
Pages 187-188 (October 2018)
VL53
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.405
Open Access
DIFERENTES ABORDAGENS INTESTINAIS NA ENDOMETRIOSE PROFUNDA INFILTRATIVA
Visits
...
Thaisa Barbosa da Silvaa,b, Luciana Maria Pyramo Costaa,b, Ivete de Avilaa,b, Luciano Freitas Souzaa,b, Kanthya Arreguy Borges de Senaa,b, Helio Antonio Silvaa,b, Liana David de Matosa,b
a Hospital Biocor, Modi das Cruzes, SP, Brasil
b Hospital Militar de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG, Brasil
Article information
Full Text

A endometriose profunda infiltrativa com obliteração parcial ou total da pelve e infiltração intestinal é um achado relativamente comum nos Serviços de referência dessa doença, tornando‐se um desafio para o coloproctologista. Trata‐se de doença benigna que acomete mulheres em idade fértil, causando, com frequência, prejuízo à qualidade de vida das mesmas. O tratamento multidisciplinar é mandatório e o proctologista tem um papel fundamental nesse processo, uma vez que deve ser agressivo ao remover completamente todas as lesões visíveis, mas conservador diante das ressecções intestinais, evitando, assim, prejuízos funcionais. Os autores mostram uma série de abordagens diferenciadas das lesões intestinais (retossigmóide, intestino delgado e apêndice), dando ênfase tanto aos tipos de ressecções possíveis (ressecção segmentar convencional e intracorpórea, ressecção a disco simples e duplo e shaving) quanto às técnicas de reconstrução do trânsito, visando sempre cirurgia completa e minimamente invasiva.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools