Journal Information
Vol. 37. Issue S1.
Pages 100-101 (October 2017)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 37. Issue S1.
Pages 100-101 (October 2017)
P‐063
DOI: 10.1016/j.jcol.2017.09.064
Open Access
DOENÇA DE BOWEN ANAL TRATADA EXCLUSIVAMENTE COM RADIOTERAPIA: RELATO DE CASO
Visits
...
Bruna Zini de Paula Freitas, Paula Cristina Steffen Novelli, Denise Graffiitti D’Avila, Vitor Rafael Pastro, Monique Raquel Barbosa de Queiroz Fonseca, Enzo Fabricio Ribeiro Nascimento, Carlos Augusto Real Martinez
Hospital Universitário São Francisco (HUSF), Bragança Paulista, SP, Brasil
Article information
Full Text

Introdução: A doença de Bowen (DB) é um carcinoma in situ de células escamosas cutâneas (CEC), pertencente ao grupo dos tumores não queratinizados. A ocorrência de doença de Bowen na região perianal é incomum e manifesta‐se de forma atípica, geralmente ocorre em mulheres na quinta década de vida.

Objetivo: Apresentar caso de DB e neoplasia intraepitelial anal (NIA) grau III associado a condiloma acuminado tratado com radioterapia exclusiva.

Relato do caso: Mulher, 65 anos, branca, com queixa de dor e lesão anal de crescimento progressivo havia seis meses. Praticante de atividade sexual anal desprotegida no passado, sem imunodeficiência conhecida, com história de câncer de colo de útero tratado em outra instituição. Sorologias para hepatites e HIV negativas. Evidenciada extensa lesão anal de 12 x 10cm de com áreas verrucosas, acantose, eczema e áreas descamativas, que não acometia o canal anal. Feita biópsia incisional com margens que demonstraram uma área de NIA grau III e duas áreas de CEC in situ. Tomografia e tórax e abdome sem alterações. Optou‐se por tratamento com radioterapia com intuito radical exclusivo com total de 5040cGy por seis semanas. Paciente apresentou cura total da lesão, com leve área cicatricial no local.

Conclusão: O tratamento mais aceito da DB é a ressecção cirúrgica com margens de segurança, muitas vezes são necessários enxertos ou avanços de retalhos para síntese do defeito. Outras opções terapêuticas são: terapia fotodinâmica, laser de argônio, crioterapia, quimioterapia com 5‐fluorouracil tópico e radioterapia. O tratamento exclusivo curativo com radioterapia para a DB é factível.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools