Journal Information
Vol. 39. Issue S1.
Pages 229 (November 2019)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 39. Issue S1.
Pages 229 (November 2019)
807
Open Access
Exenteração pélvica laparoscópica (vlp) após falha de watch and wait com terapia neoadjuvante total
Visits
...
GCdC. Cotti, R.V. Pandini, A.P. Nogueira, F.F. Coelho, R.J.d. Oliveira, V.B. Jeismann
Hospital Sírio-Libanês, São Paulo, SP, Brasil
Article information
Full Text

Área: Cirurgia Minimamente Invasiva, Novas técnicas cirúrgicas/Avanços Tecnológicos em Cirurgia Colorretal e Pélvicas e Anorretais

Categoria: Pesquisa básica

Forma de Apresentação: Vídeo Livre

Objetivo(s): O objetivo deste vídeo é demonstrar um caso de resgate cirúrgico minimamente invasivo em paciente submetido à protocolo de preservação de órgão após neoadjuvância total com recrescimento de adenocarcinoma em reto distal.

Descrição da técnica: Paciente, 39 anos feminina, com diagnóstico de adenocarcinoma de reto baixo localmente avançado, submetida à neoadjuvância total FOLFOX e radioterapia de curso longo em serviço externo, evoluiu com suposta clínica completa. Após 8 meses apresentou recrescimento da lesão primária, sem evidência de doença sistêmica e reestadiada como T4N1M0, com tumor a 5cm da borda anal, com invasão para o colo uterino e fórnice vaginal posterior, invasão vascular extramural positiva e fáscia mesorretal comprometida. Submetida à exenteração pélvica posterior VLP com anastomose coloanal manual e ileostomia de proteção. O anatomopatológico evidenciou adenocarcinoma moderadamente diferenciado ypT4ypN1 (1/45) com margens livres e invasão para parede posterior da vagina.

Discussão e Conclusão(ões): O protocolo de preservação de órgão frente a resposta clínica completa para o adenocarcinoma do reto tem sido cada vez mais empregado, contudo até um terço dos pacientes podem apresentar recrescimento necessitando de resgate cirúrgico. O vídeo mostra a possibilidade do resgate cirúrgico curativo, R0, multivisceral acrescentando as vantagens da cirurgia minimamente invasiva.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools