Journal Information
Vol. 37. Issue S1.
Pages 7 (October 2017)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 37. Issue S1.
Pages 7 (October 2017)
TL2‐014
DOI: 10.1016/j.jcol.2017.09.313
Open Access
EXPRESSÃO DO KI‐67 E SUA CORRELAÇÃO COM SOBREVIDA GLOBAL EM DOIS ANOS DE PACIENTES COM CÂNCER COLORRETAL
Visits
...
Caroline Tatim Saad Vargasa, Leonardo Ferreira da Natividadea, Polliane Arrudaa, Mário Rodrigues Montemor Nettoa, Stella Kuchlera, Maria Cristina Sartorb, Jorge Eduardo Fouto Matiasb
a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Ponta Grossa, PR, Brasil
b Hospital de Clínicas, Universidade Federal do Paraná (HCUFPR), Curitiba, PR, Brasil
Article information
Full Text

Objetivo: Averiguar a correlação entre sobrevida global em dois anos com a expressão celular de Ki‐67 em pacientes com câncer colorretal. Esse marcador de proliferação e crescimento celular já tem uso rotineiro no câncer de mama, porém ainda é estudado para a prática clínica de outras malignidades.

Método: Foram coletadas amostras da região profunda e superficial de tumores de 129 pacientes com câncer colorretal primário em Ponta Grossa, Paraná. O material foi avaliado através de imuno‐histoquímica, foi obtido um valor final de expressão média para cada paciente. Os dados de sobrevida foram obtidos através de análise retrospectiva de prontuários. Devido à distribuição não normal da amostra, foi usado o teste de Mann‐Whitney para aferição do valor de p. Foi considerado significativo o p>0,05.

Resultados: Dos pacientes, 89 (69,0%) obtiveram sobrevida em dois anos e 40 (31%) foram a óbito no. Para o grupo dos sobreviventes, os valores da expressão do Ki‐67 variaram entre 1,0 e 81,5 e para o grupo dos óbitos entre 5,0 e 82,0. A mediana foi de 22 e 32 para os dois grupos, respectivamente. O intervalo de confiança de 95% para o grupo dos sobreviventes estava entre 19,5 e 27,4 e era discretamente mais elevado nos óbitos, 20,0 até 37,7. O valor de p identificado foi de 0,0505, não significativo. Todavia, houve uma tendência importante de positividade no grupo óbito, o valor de p encontrado foi muito próximo do estabelecido como significante.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools