Journal Information
Vol. 38. Issue S1.
Pages 180 (October 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 38. Issue S1.
Pages 180 (October 2018)
VL37
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.389
Open Access
HEMORROIDECTOMIA EXCISIONAL COM LIGASURE™‐ VÍDEO DEMONSTRATIVO DE CIRURGIA AO VIVO PARA CURSO DE RESIDENTES DA SBCP
Visits
...
Rafael Vaz Pandini, Aline Costa Mendes de Paiva, George Felipe Bezerra Darce, Cintia Mayumi Sakurai Kimura, Sergio Eduardo Alonso Araujo, Sergio Carlos Nahas, Ivan Ceconello
Faculdade de Medicina (FM), Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, SP, Brasil
Article information
Full Text

Introdução: A doença hemorroidária afeta até um quarto de todos os adultos, existem inúmeras intervenções para o seu tratamento. Recentemente, foram introduzidas novas alternativas de tratamento de hemorroidas, como a hemorroidectomia excisional com Ligasure™, visando reduzir os danos, mantendo ou melhorando os resultados. A escolha do tratamento deve ser adaptada ao indivíduo com base na escolha do paciente, habilidade do cirurgião e grau da doença hemorroidária.

Objetivo: Vídeo de cirurgia ao vivo apresentado no curso sobre Doenças orificiais oferecido pela Sociedade Brasileira de Coloprocotologia aos residentes do segundo ano de Coloproctologia.

Método: E.A.S., 51 anos, antecedente de cardiomiotomia com fundoplicatura por megaesôfago chagásico, dislipidêmico. Paciente com queixa de sangramento, prolapso hemorroidário e dor evacuatória intermitente há cerca de 2 anos, referindo continência esfincteriana preservada. Ao exame proctológico observados plicomas em borda anal, 3 botões hemorroidários internos às 3h, 7h e 11 horas. Paciente submetido à Hemorroidectomia excisional de mamilos grau IV às 3, 7 e 11 horas, sob raquianestesia, profilaxia com Cefoxitina, em posição de semi‐litotomia. Incisão da pele em raquete/fuso ao redor de mamilo hemorroidário, dissecção da musculatura esfincteriana do complexo hemorroidário com Ligasure. Realizada secção do pedículo com Ligasure e fechamento da mucosa com vicryl 4.0 à Ferguson. Repetido procedimento para demais mamilos hemorroidários. Secção de plicoma anal às 6h, revisão de hemostasia e realização de curativo com gelfoam e gaze.

Resultado: Paciente recebeu alta no 1° PO, em boas condições clínicas, bom controle álgico e ferida operatória em bom aspecto.

Conclusão: A hemorroidectomia fechada com dispositivos de corte diatérmico ou ultrassônico pode diminuir o sangramento e a dor no pós‐operatório, possibilitando recuperação mais rápida para os pacientes.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools
en pt
Cookies policy Política de cookies
To improve our services and products, we use "cookies" (own or third parties authorized) to show advertising related to client preferences through the analyses of navigation customer behavior. Continuing navigation will be considered as acceptance of this use. You can change the settings or obtain more information by clicking here. Utilizamos cookies próprios e de terceiros para melhorar nossos serviços e mostrar publicidade relacionada às suas preferências, analisando seus hábitos de navegação. Se continuar a navegar, consideramos que aceita o seu uso. Você pode alterar a configuração ou obter mais informações aqui.