Journal Information
Vol. 37. Issue S1.
Pages 47-48 (October 2017)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 37. Issue S1.
Pages 47-48 (October 2017)
TL11‐110
DOI: 10.1016/j.jcol.2017.09.409
Open Access
IMPACTO DA INTRODUÇÃO DE PROTOCOLOS DE RECUPERAÇÃO RÁPIDA NOS DESFECHOS CLÍNICOS EM CIRURGIA COLORRETAL
Visits
...
Victor Edmond Seid, Marcelli Tainah Marcante, Sérgio Eduardo Alonso Araújo, Alexandre Bruno Bertoncini, Gláucia Lopes, Ana Vasconcelos, Sidney Klajner
Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP, Brasil
Article information
Full Text

Introdução: Os protocolos de recuperação rápida têm sido introduzidos em diversas partes do mundo como estratégia para práticas clínicas de excelência, norteadas pela medicina baseada em evidência, com vistas a melhores desfechos clínicos e econômicos. O HIAE iniciou em 2016 parceria com a Eras Society e se tornou pioneiro na implantação de um programa de desenvolvimento desses protocolos em cirurgia colorretal sob orientação da Eras Society. Desde então, as 19 intervenções previstas nesses protocolos têm sido implantadas, com avaliação constante de resultados clínicos e econômicos.

Objetivo: Avaliar o impacto da introdução dos protocolos Eras nos desfechos clínicos de paciente submetidos a cirurgia colorretal.

Método: Comparação de dados prospectivos de tempo de permanência hospitalar e complicações em pacientes de cirurgia colorretal submetidos ao protocolo Eras (grupo 1), com série histórica de pacientes operados de cirurgia colorretal antes da introdução desses protocolos (grupo 2).

Resultados: Foram compilados retrospectivamente 50 pacientes (grupo 2). Nesse grupo, a taxa global de adesão às medidas contempladas nos protocolos Eras era inferior a 25%, a taxa de complicações gerais foi de 17% e o tempo médio de internação foi de 14 dias. Com a introdução dos protocolos de recuperação rápida, a taxa de adesão aos protocolos foi progressivamente maior até atingirmos em janeiro de 2017 70% de taxa global de adesão. Nesse período, as taxas de complicações gerais tiveram tendência de redução e o tempo médio de internação foi reduzido a 5,6 dias.

Conclusão: A implantação dos protocolos de recuperação rápida em cirurgia colorretal tem impacto positivo nos índices de complicação e taxas de permanência hospitalar.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools