Journal Information
Vol. 38. Issue S1.
Pages 131 (October 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 38. Issue S1.
Pages 131 (October 2018)
TL29
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.281
Open Access
INCIDÊNCIA DE PÓLIPOS EM RESERVATÓRIOS ILEAIS NA POLIPOSE ADENOMATOSA FAMILIAR. ANÁLISE RETROSPECTIVA
Visits
...
Maria de Lourdes Setsuko Ayrizono, Priscila Nátali Moraes, Michel Gardere Camargo, João José Fagundes, Raquel Franco Leal, Carlos Augusto Real Martinez, Cláudio Saddy Rodrigues Coy
Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, SP, Brasil
Article information
Full Text

Objetivo: Analisar a incidência de adenomas em Reservatório Ileal (RI) em pacientes com Polipose Adenomatosa Familiar (PAF).

Método: Estudo retrospectivo dos doentes com PAF submetidos à cirurgia de RI entre 1984 e 2018.

Resultados: No período, foram confeccionados RI em 103 doentes, sendo 79 (76,7%) em J, 15 (14,6%) em S e 9 (8,7%) em Dupla Câmara. A maioria era do sexo feminino (58,2%) e a média de idade por ocasião da cirurgia foi de 30,3 anos. No acompanhamento pós‐operatório, foram realizadas reservatorioscopias em 64 (62,1%) pacientes, com achado de pólipos adenomatosos em 35,9%, não sendo observada neoplasia em nenhum deles. Dos pacientes com adenomas em RI, 69,6% eram do sexo feminino e 34,8% tinham diagnóstico prévio de adenocarcinoma em pólipo ressecado na colonoscopia pré‐operatória ou no espécime cirúrgico. Todos apresentavam adenomas em duodeno e 13% evoluíram com tumor desmoide.

Conclusão: A ocorrência de adenomas em RI foi relativamente frequente, ocorrendo principalmente no sexo feminino e associada a adenomas duodenais, em nossa casuística.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools