Journal Information
Vol. 37. Issue S1.
Pages 27-28 (October 2017)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 37. Issue S1.
Pages 27-28 (October 2017)
TL7‐063
DOI: 10.1016/j.jcol.2017.09.362
Open Access
INTERDISCIPLINARIDADE DOS ATENDIMENTOS: RELATO DE EXPERIÊNCIA EM UM AMBULATÓRIO‐ESCOLA DE DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS
Visits
...
Claudia Theis, Ana Paula Michels, Luciane Lucas Lucio, Bruno Lorenzo Scolaro, Everson Fernando Malluta, Munique Kurtz de Mello
Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Itajaí, SC, Brasil
Article information
Full Text

Introdução: As doenças inflamatórias intestinais (DII) representam um grupo de doenças que acometem o trato gastrointestinal representado principalmente pela retocolite ulcerativa (RCU) e a doença de crohn (DC). São processos inflamatórios crônicos com episódios agudos imprevisíveis, períodos de remissão e exacerbação. Por apresentarem resposta terapêutica variável, repercussões sistêmicas, psicológicas e sociais, sua abordagem é complexa, envolve os diversos profissionais da área da saúde. Diante dessa realidade e para aprimorar o cuidado aos pacientes com DII da cidade de Itajaí e região, bem como ampliar os cenários de prática da graduação, criou‐se o Ambulatório Interdisciplinar de DII a partir da iniciativa dos profissionais e professores da área da saúde na Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

Objetivos: Relatar as experiências obtidas no Ambulatório Interdisciplinar de DII, a metodologia aplicada e seus resultados.

Metodologia: Trabalho descritivo do tipo relato de experiência, compartilha as vivências do Ambulatório Interdisciplinar de DII e seus resultados entre janeiro e dezembro de 2016.

Resultados: Foram feitos 246 atendimentos interdisciplinares, 289 infusões medicamentosas, elaborados três trabalhos científicos, passaram pelo ambulatório 122 acadêmicos, entre estagiários e voluntários. O projeto conta com seis monitores, que representam o cursos de medicina, nutrição e psicologia e executam atividades de monitoria e produção científica. Foram feitas quatro oficinas de educação em saúde e organização do evento maio roxo com a participação de 151 pessoas. Foi possível perceber que o acolhimento integral do modelo de interconsulta melhora a qualidade de vida e o convívio com os sintomas que surgem no decorrer do tratamento das DII.

Conclusão: Com o uso da interdisciplinaridade o Ambulatório Interdisciplinar de DII trabalha de forma que todos os profissionais contribuam de maneira uniforme e colaborativa, em busca de uma melhor qualidade de vida para os pacientes, além de ser um ambulatório modelo para outros serviços.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools