Journal Information
Vol. 38. Issue S1.
Pages 24 (October 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 38. Issue S1.
Pages 24 (October 2018)
P136
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.053
Open Access
INVAGINAÇÃO INTESTINAL APÓS COLONOSCOPIA. RELATO DE CASO
Visits
...
Andre Accetta, Italo Accetta, Eduardo Cortez Vassallo, Enrique Moreira Cruz Miranda, Angelica Freitas Silva Kneipp
Universidade do Grande Rio (UNIGRANRIO), Duque de Caxias, RJ, Brasil
Article information
Full Text

Introdução: Intussuscepção é um quadro o qual um segmento intestinal sofre invaginação ou encurtamento ao adentrar um segmento intestinal mais distal, levando a obstrução e possível isquemia. É uma complicação rara após colonoscopia, com altos índices de morbi‐mortalidade.

Relato do caso: Fem, 57, com emagrecimento e anemia há 6 meses. Solicitada colonoscopia, que foi realizada até o íleo, detectando 6 pólipos sésseis, que foram ressecados e uma lesão vegetante, infiltrante no cólon descendente, ocupando 70% da luz, próximo ao ângulo eplênico. Dois dias depois procurou emergência com dor abdominal, parada de eliminação de gases e fezes e vômitos. Estava distendida, hipocorada e desidratada. A lesão tumoral era tocável. Exames revelaram anemia, alcalose metabólica e distúrbios hidroeletrolíticos. Tomografia mostrou invaginação colo‐cólica com obstrução. No tratamento cirúrgico foi encontrado invaginação com cabeça na neoplasia, entrando o ligamento gastrocólco e parte do estômago nela. Desfeito infaginação, seguido de colectomia esquerda àHartmann com linfadenectomia. A evolução foi satisfatória. O histopatológico revelou adenocarcinoma mucinoso, T3N0.

Discussão: Existe diferença entre a população adulta e pediátrica, esta a maioria dos casos. Nas crianças a causa mais frequente é idiopática, enquanto nos adultos geralmente encontra‐se um fator causativo como, por exemplo, neoplasias, infecções, complicações cirúrgicas e colonoscópicas, esta com poucos relatos. O caso exposto possuia a neolasia como fator principal, mas acreditamos que o hiperperistaltismo secundário a insulflação e desinsulflação, as manobras da retificação, além de edema pós polipectomias podem ter sido fatores precipitantes. A tomografia é o principal meio diagnóstico. A ressecção cirúrgica é recomendada em casos de neoplasia.

Conclusão: A intussuscepção é um quadro incomum e raríssimo após colonoscopia. Possui elevada morbi‐mortalidade e pode ser potencialmente fatal.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools