Journal Information
Vol. 38. Issue S1.
Pages 65 (October 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 38. Issue S1.
Pages 65 (October 2018)
P213
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.138
Open Access
LEVANTAMENTO DE CIRURGIAS PROCTOLÓGICAS EM HOSPITAL DE REFERÊNCIA EM JOÃO PESSOA‐PB
Visits
...
Alberto Luiz Duarte Marinho, Shirlane Frutuoso Malheiros, Leticia Aires Benjamin, Alisson Cordeiro Moreira, Jessica Montenegro Pontes, Silvana Serra Alvim Ribeiro
Serviço de Coloproctologia, Hospital Municipal Santa Isabel, João Pessoa, BA, Brasil
Article information
Full Text

Objetivo: O presente estudo se propõe a fazer uma levantamento do perfil das cirurgias realizadas do serviço de Coloproctologia do Hospital Municipal Santa Isabel – HMSI‐, João Pessoa, Paraiba, unidade de referência para realização de cirurgias orificiais e outros procedimentos proctologicos.

Método: Para tanto, foram utilizados dados do livro de registro de cirurgias do centro cirúrgico no período de Janeiro de 2014 a Abril de 2017. Foram, então, avaliados o número e o tipo de cirurgia, a idade e o sexo de cada paciente. Os dados foram tabulados e submetidos a análise de frequências e medidas de tendência central utilizando o software IBM SPSS 22.

Resultados: Foram realizados 1290 procedimentos cirúrgicos pela equipe de coloproctologia no período de estudo, dentre os quais, 628 (48,6%) hemorroidectomias, 312 (24,1%) fistulectomias, 73 (5,6%) exéreses de cisto sacrococcígeos, 67 (5,1%) excisões/biopsias de lesões e tumores anorretais, 43 (3,5%) reconstruções de transito intestinal (fechamento de colostomias), 25 (1,9%) fissurectomias, 18 (1,3%) cauterização/exérese de lesões de HPV, 12 (1%) esfincteroplastias, 11 (0,9%) correções de prolapso retal, 11 (0,9%) laparotomias exploradoras, 9 (0,69%) colectomias direitas, 9 (0,69%) retossigmoidectomias, 7 (0,54%) enteropexias; outros procedimentos contam 65 (5%). Houve predominância discreta do sexo feminino (52,86%), apenas nas fistulectomias a predominância foi expressiva no sexo masculino (72,97%). A faixa etária dos pacientes submetidos a esses procedimentos variou de 23 a 79 anos e predominou entre 30 e 50 anos.

Conclusão: No serviço de coloproctologia do HMSI, a principio responsável por atender a grande demanda de cirurgias orificiais e atendimentos ambulatoriais da especialidade, observa‐se que as hemorroidectomia e fistulectomias correspondem a 72,7% do total das cirurgias, sendo a doença hemorroidária a de maior volume do serviço, bem como um pronunciado índice de tratamento cirúrgico de fístulas perianais (24,1%). Dessa forma, conhecendo melhor o perfil de cirurgias do serviço, pode‐se aplicar melhor os recursos e investimentos na área, além disso, futuros gestores podem consultar e planejar melhor as cirurgias, bem como, os próprios cirurgiões.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools