Journal Information
Vol. 37. Issue S1.
Pages 143-144 (October 2017)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 37. Issue S1.
Pages 143-144 (October 2017)
P‐163
DOI: 10.1016/j.jcol.2017.09.164
Open Access
PERFIL DE PACIENTES, INDICAÇÕES, ACHADOS E MÉTODOS NO ESTUDO DE COLONOSCOPIA DO SERVIÇO DA SANTA CASA DE BELO HORIZONTE
Visits
...
Patrícia Costa Sant’Ana, Nathalia Nascentes Coelho Dos Santos Omer, Matheus Duarte Massahud, Pedro José Cardoso Guimarães, Renata Magali Ribeiro Silluzio Ferreira
Santa Casa de Belo Horizonte, Belo Horizonte, MG, Brasil
Article information
Full Text

Introdução: A colonoscopia destaca‐se como um método de estudo do cólon de fundamental importância no rastreamento, diagnóstico e tratamento de doenças. Para um exame de excelência em termos de qualidade devemos estar atento às indicações, ao preparo (tipo, adesão e aceitação) e ao treinamento do profissional executante.

Métodos: Questionário preenchido pelo residente com as variáveis analisadas.

Objetivo: Demonstrar o perfil dos pacientes submetidos ao exame de colonoscopia na Santa Casa de Belo Horizonte, além de estudar indicações, tipo de preparo feito, efetividade do método, adesão e efetividade do preparo adotado, procedimentos feitos, progressão do aprendizado do residente em treinamento, entre outras associações possíveis com o estudo.

Resultados: A maioria dos pacientes foram mulheres (57%), com média de 59 anos, atendidas por via ambulatorial (67%), com escolaridade de ensino fundamental incompleto (35%), avaliação pela escala de Boston em sua maioria classificada como 9 (42%), hematoquezia como indicação predominante (24%), exame completo com intubação do íleo terminal (45%), adesão ao preparo em 90% dos pacientes avaliados, necessidade de ajuda do residente pelo preceptor em 31% dos exames, mais da metade dos exames sem achado e sem necessidade de procedimentos, tempo médio de exame 21 minutos e extensão de aparelho em uso 77cm.

Conclusão: A observação do perfil do paciente, as indicações de exames e seus achados, os tipos de preparo adotados na instituição e a adesão a eles, além dos métodos na execução do exame, são importantes para uma melhoria crescente na qualidade do exame feito e no alcance dos objetivos propostos, com menor impacto no paciente.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools