Journal Information
Vol. 37. Issue S1.
Pages 79-80 (October 2017)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 37. Issue S1.
Pages 79-80 (October 2017)
P‐016
DOI: 10.1016/j.jcol.2017.09.017
Open Access
PREVENÇÃO DO CÂNCER COLORRETAL PELA PESQUISA IMUNOQUÍMICA DE SANGUE OCULTO NAS FEZES
Visits
...
Marcelo Rodrigues Borba, Luiz Maruta, Jorge Henrique Reina Neto, Marcos Barros, Edmar Tafner, Jose Guilherme Nogueira Silva
Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, SP, Brasil
Article information
Full Text

O câncer colo‐retal é o tumor mais frequente do aparelho digestivo tanto no homem quanto na mulher. A pesquisa de sangue oculto é um método importante e de baixo custo na prevenção do CCR em grandes populações. Para estudar a PSOF por imunoquímica em um população fechada, os autores estão fazendo o estudo na comunidade da Universidade de São Paulo, na faixa de 50 a 75 anos, assintomáticos. Os resultados de dezembro de 2013 a junho de 2017 são:

  • A.

    total de exames FOBT efetuados: 5.732.

  • B.

    total de FOBT positivos: 289 (5,04%) (b/a)=289/5.732.

  • C.

    total de positivos para câncer nas colonoscopias feitas:15 (0,26%) (c/a)=15/5.732.

  • D.

    colonoscopias feitas em FOBT+: 185. Doenças benignas ou exame normal: 68 (36,75%) (68/185); adenomas (baixo grau ou serrilhado): 101 (64,66%) (101/185); câncer: 15 (8,1%) (15/185). Câncer intramucoso ou adenomas de alto grau de atipia: oito (tratados por via endoscópica). Câncer invasivo: sete (tratamento cirúrgico:1 e ESD:1). Pacientes FOBT+que aguardam colonoscopia: 59; recusaram colonoscopia: 45.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools