Journal Information
Vol. 38. Issue S1.
Pages 108-109 (October 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 38. Issue S1.
Pages 108-109 (October 2018)
P90
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.233
Open Access
PROCTOCOLECTOMIA TOTAL COM CONFECÇÃO DE RESERVATÓRIO ILEAL EM PACIENTE COM DIAGNÓSTICO DE DOENÇA DE CROHN: UM RELATO DE CASO
Visits
...
Gabriela Maciel Cordeiro, Gabriel Braz Garcia, Renato Gomes Campanati, Adriana Cherem Alves, Antonio Lacerda Filho, Magda Maria Profeta da Luz, Rodrigo Gomes da Silva
Hospital das Clínicas, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG, Brasil
Article information
Full Text

Introdução: A presença de displasia é o principal indicador do risco de neoplasia na doença de Crohn. O presente trabalho relata o caso de uma paciente submetida a proctocolectomia total com confecção de reservatório ileal no contexto de doença de Crohn.

Descrição do caso: Paciente de 26 anos, sexo feminino, tratada como colite indeterminada desde 2005, nos últimos 6 meses com disgnóstico de doença de Crohn em função de acometimento colônico saltatório e doença perianal admitida com relato de hematoquezia e tenesmo. Colonoscopia evidenciou lesão endoscopicamente neoplásica em reto médio e colite restrita ao reto, sigmoide e cólon ascendente. Estudo anatomopatológico evidenciou adenoma túbulo‐viloso com displasia de baixo e alto grau. RNM de pelve com evidências de espessamento mural difuso do reto médio e inferior, sem plano de clivagem com a submucosa e aumento do número de linfonodos na gordura mesorretal. Após discussão multidisciplinar, em função do diagnóstico doença de Crohn e neoplasia de reto médio com estádio inicial, foi optado por tratamento cirúrgico sem terapia neoadjuvante. Submetida a proctocolectomia total, com excisão total do mesorreto, com confecção de reservatório ileal em J, anastomose pouch‐anal grampeada e ileostomia protetora. Anatomopatológico evidenciou adenocarcinoma de reto pT3pN0. Paciente evoluiu bem, sem intercorrências, sendo submetida a reconstrução do trânsito intestinal após 3 meses.

Discussão: Nos pacientes com doença de Crohn e diagnóstico de neoplasia, a proctocolectomia total deve ser considerada devido ao elevado risco de neoplasias metacrônicas. A confecção de reservatório ileal normalmente indicado no contexto de proctocolectomia total por polipose adenomatosa familiar, retocolite ulcerativa ou doença inflamatória intestinal inespecífica, e normalmente não é indicada na doença de Crohn devido a uma taxa elevada de complicações ‐ falência do reservatório, bolsite, recorrência da doença ao nível do reservatório, risco aumentado de formação de fístulas e estenoses e incontinência. Entretanto, algumas séries de casos demonstraram resultados favoráveis nos pacientes com doença de Crohn restrita ao intestino grosso, sem doença perianal e com acometimento colônico exlusivo.

Conclusão: A confecção de reservatório ileal na proctocolectomia total por Doença de Crohn antes contraindicado, tem se mostrado boa opção terapêutica num seleto grupo de pacientes.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools