Journal Information
Vol. 37. Issue S1.
Pages 106 (October 2017)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 37. Issue S1.
Pages 106 (October 2017)
P‐076
DOI: 10.1016/j.jcol.2017.09.077
Open Access
RECORRÊNCIA LOCAL APÓS UMA RESPOSTA CLÍNICA COMPLETA NO CÂNCER DO RETO (WATCH AND WAIT)
Visits
...
Jessica María Teresita Centurión, Juan Carlos Villalba
Hospital Nacional de Itauguá, Itauguá, Paraguai
Article information
Full Text

Introdução: A estratégia é agora considerada em pacientes selecionados, nos quais há uma resposta clínica completa para neoadjuvante e cuja finalidade é evitar múltiplas morbidades e alterações funcionais que podem ocorrer após a ressecção cirúrgica. Dado o fracasso de tais controles, a cirurgia Miles é considerada tratamento curativo.

Descrição do caso: Paciente de 55 anos diagnosticado com câncer retal inferior a um ano e completa resposta clínica à terapia neoadjuvante no qual se decidiu prestar atenção e esperar por uma melhor qualidade de vida e, especialmente, porque o paciente se recusava a tratamento cirúrgico. Controle colonoscópico Quarterly confirmou no último ano uma tumoral exofítica a 2cm da margem anal anterolateral que comprometeu 50% da luz, ressonância magnética relatou T2N0M0 com esfíncter anal comprometido e confirmado por uma patologia como distinto moderadamente adenocarcinoma (Viena 5.2). A cirurgia Miles é bem‐sucedida e relatórios de patologia com margens laterais e circunferenciais livres. Alta com acompanhamento de oncologia.

Discussão e conclusão: Neste caso se apresenta uma recorrência de câncer retal posterior na qual é bem‐sucedida a cirurgia Miles para fins de cura, apoia estudos que mostram que a maior taxa de recorrência é observada no primeiro ano e lança dúvidas sobre se essa estratégia é realmente válida em vez da cirurgia ressectiva que inclui resposta clínica completa, a fim de preservar a funcionalidade do esfíncter anal.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools