Journal Information
Vol. 37. Issue S1.
Pages 103 (October 2017)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 37. Issue S1.
Pages 103 (October 2017)
P‐069
DOI: 10.1016/j.jcol.2017.09.070
Open Access
RELATO DE CASO: DRENAGEM DE ABSCESSO PÉLVICO PÓS‐RETOSSIGMOIDECTOMIA À HARTMAN POR RETOSSIGMOIDOSCOPIA
Visits
...
Cícero Diego de Castro Silva, Edimar Landim da Cruz Junior, Itamar Augusto Nonato de Oliveiro, José Antônio Guimarães Bandeira, Darcy Muritiba Carneiro Junior, Fabio Freire de Almeida Silva, Joismar Sento‐Sé Souza Duarte
Hospital Regional de Juazeiro (HRJ), Juazeiro, BA, Brasil
Article information
Full Text

Paciente J.G.S, masculino, 60 anos, portador de câncer de retossigmoide submetido a retossigmoidectomia com anastomose colorretal primária; evoluiu com deiscência da anastomose e foi reabordado quando foram feitas toalete da cavidade e confecção de colostomia terminal à Hartman. O paciente manteve‐se com evolução iscidiosa, levantou a suspeita de abscesso pélvico. Foi solicitada retossigmoidoscopia pelo coto retal e durante o procedimento foi possível perceber deiscência parcial da sutura do coto retal, foi acessada a cavidade com o retosigmoidoscópio, foram liberadas algumas traves fibróticas e foi feita drenagem de secreção purulenta e lavagem abundante com solução fisiológica (presença de imagens no pôster). Não foi necessária nova abordagem cirúrgica após o procedimento; o paciente evoluiu com melhoria clínica importante e recebeu alta hospitalar com seguimento ambulatorial.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools