Journal Information
Vol. 39. Issue S1.
Pages 91-92 (November 2019)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 39. Issue S1.
Pages 91-92 (November 2019)
404
Open Access
Ressecção de grandes pólipos com injeção de adrenalina: relato de caso
Visits
...
M.M.P.d. Alencar, A.C.D. Aquino, B.S.D.A. Espíndola, J.S. Duarte, D.M.C. Júnior, L.S.C. Oliveira, J.A.G. Bandeira
Hospital Regional de Juazeiro, Juazeiro, BA, Brasil
Article information
Full Text

Área: Métodos complementares diagnóstico e terapêutica

Categoria: Relatos de caso

Forma de Apresentação: Pôster

Objetivo(s): Neste relato os autores descrevem a técnica para ressecção de um pólipo pediculado grande (2cm) com injeção de adrenalina, reduzindo complicações pós‐polipectomia.

Descrição do caso: M.V.S., 55 anos, feminino, com história familiar negativa para câncer colorretal, submetida à colonoscopia para rastreio. O preparo de cólon foi feito com manitol à 10% 500mL+Bisacodil 10mg. Exame realizado até íleo terminal sob boas condições de preparo(OTTAWA 3). Visualizado em sigmoide (a 30cm da borda anal) pólipo pediculado(Paris 0‐Ip) de 2.0cm. Realizado injeção de 02mL de epinefrina (1: 10.000) na base, no pedículo e na cabeça do pólipo e prosseguido com ressecção com alça diatérmica, durante retirada do aparelho. A anatomia patológica evidenciou adenoma tubular com displasia de baixo grau com margens livres, sendo orientado repetir colonoscopia em 3 anos.

Discussão e Conclusão(ões): Quanto maior o pólipo, maior o risco de perfuração ou sangramento. Para evitar essas complicações dispomos de algumas técnicas como: o uso do endoloop, o uso de endoclipe e a injeção de solução de adrenalina. A injeção de adrenalina diluída pode ser feita de 1:10.000 a 1:20.000, e deve ser aplicada no pedículo ou na base do pólipo antes da ressecção. Tem como objetivo promover uma vasoconstricção local, e um tamponamento momentâneo, diminuindo assim o sangramento pós‐polipectomia. Fora isso, esta técnica pode reduzir o tamanho do pólipo, facilitando sua apreensão, retirada e tratamento. Sabe‐se portanto, que a ressecção de pólipos grandes é mais propensa à sangramentos, e de solução de adrenalina é de fácil acesso, tem baixo custo e pode facilitar a ressecção completa do pólipo reduzindo complicações.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools