Journal Information
Vol. 38. Issue S1.
Pages 36 (October 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 38. Issue S1.
Pages 36 (October 2018)
P159
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.078
Open Access
TRATAMENTO CIRÚRGICO DA HIDRADENITE SUPURATIVA SACROCCOCÍGEO COM USO DE CURATIVO SOB PRESSÃO NEGATIVA E CÂMARA HIPERBÁRICA: RELATO DE CASO
Visits
...
Mychelly de Sá Carvalho, Alexandre da Silva Nishimura, Evelyn Cristina Rosa da Granja Batalini, Marcelo Carlos de Sá Carvalho, Monykelly de Sá Carvalho, Larissa dos Santos Gonçalves Gil, Rafael Castelli Bittencourt
Santa Casa de Ourinhos, Ourinhos, SP, Brasil
Article information
Full Text

Introdução: A hidradenite supurativa é uma inflamação crônica e recorrente das glândulas apócrinas, sem etiologia conhecida, que evolui frequentemente com saída de secreção purulenta, formação de fístulas, cicatrizes retráteis, podendo acometer região inguinal, axilar, nádegas, região perianal.

Relato de caso: G.D., branco, 58 anos, sexo masculino é encaminhado ao consultório do coloproctologista devido episódios recorrentes de quadros de infecção em região de nádegas e glúteo que iniciaram‐ se há 9 meses, com piora gradativa do quadro, relata episódios de drenagem de secreção purulenta espontaneamente. Ao exame físico o paciente apresentava extensas lesões supurativas em região de glúteo e perianal, com nódulos eritematosos, e focos de infecção ativa com saída de secreção purulenta. Ao toque retal sem alterações. foram solicitados exames complementares, entre eles colonoscopia, onde esta encontrava‐ se dentro da normalidade. foi submetido a abordagem cirúrgica para ressecção de hidradenite supurativa sacrococcígeo, sendo colocado curativo à vácuo sob pressão negativa, permaneceu com o curativo por 28 dias, sendo realizada a troca a cada 4 dias, concomitantemente realizou sessões de câmara hiperbárica (30 sessões ao total). Segue em acompanhamento ambulatorial, evoluindo bem, com ferida operatória cicatrizada, assintomático, sem intercorrências.

Discussão: Os tratamentos conservadores e cirúrgicos podem ser usados para a resolução da hidradenite supurativa: no entanto, o tratamento conservador nos casos recidivantes, na maioria das vezes, se mostra ineficaz, com altas taxas de recorrência. Ouso de curativo sob pressão negativa tem sido amplamente utilizado em todo o mundo como opção de tratamento em feridas complexas. são diversos os mecanismos de ação da pressão negativa utilizada no auxílio da evolução da ferida como: redução do edema local, aproximação das bordas da ferida, melhora do fluxo sanguíneo, remoção do exsudato local e otimização na redução da colonização bacteriana.

Conclusão: Esse relato de caso tem como o objetivo evidenciar a utilização de curativos sob pressão negativa e câmara hiperbárica no pós operatório de ressecção de hidradenite supurativa, mostrando sua otimização no tempo de evolução de feridas extensas, diminuindo a morbidade, o tempo de cicatrização dessas lesões e o tempo de internação hospitalar.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools