Journal Information
Vol. 38. Issue S1.
Pages 191 (October 2018)
Share
Share
Download PDF
More article options
Vol. 38. Issue S1.
Pages 191 (October 2018)
VL61
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.413
Open Access
UTILIZAÇÃO DE MEMBRANA BIO‐REABSORVÍVEL (POLISSACARÍDEO VEGETAL + CARBOXIMETILCELULOSE) ADHESION® NA PROFILAXIA DE COMPLICAÇÕES ADERENCIAIS ABDOMINOPÉLVICAS
Visits
...
Malú Aeloany Dantas Sarmento, Hélio Moreira, José Paulo Teixeira Moreira, Ayr Nasser, Valesca de Souza Ueoka Sobreira, Pedro Ivo Calegari, Lívia Gomes Carmignolli
Hospital das Clínicas (HC), Universidade Federal de Goiás (UFG), Goiânia, GO, Brasil
Article information
Full Text

Aderências intraperitoneais se constituem em importante causa de complicação pós‐operatória nos pacientes que se submetem a cirurgias abdominopélvicas, incluindo infertilidade, obstrução intestinal e dor pélvica crônica. Além disto desafiam os cirurgiões em reoperações extremamente laboriosas e delicadas, com alto potencial de morbimortalidade. O presente trabalho objetiva ilustrar pequena experiência com utilização de membrana bioabsorvível de carboximetilcelulose ADHESION na prevenção de formação de aderências intraperitoneais e submetido à retossigmoidectomia oncológica por neoplasia de reto inferior com ostomia protetora, avaliação do produto realizado em ocasião de reconstrução de trânsito videlaparscópica portanto, de alto risco para formação de aderências. A despeito do limitado tempo de seguimento, todos os paciente encontram‐se sem sinais de doença aderencial obstrutiva, não houve mortalidade nem morbidade relacionada com o método terapêutico.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Subscribe to our newsletter

Article options
Tools