Compartilhar
Informação da revista
Vol. 38. Núm. S1.
Páginas 169 (Outubro 2018)
Compartilhar
Compartilhar
Baixar PDF
Mais opções do artigo
Vol. 38. Núm. S1.
Páginas 169 (Outubro 2018)
VL10
DOI: 10.1016/j.jcol.2018.08.362
Open Access
EXCISÃO TOTAL DO MESORRETO LAPAROSCÓPICA COM O USO DO AIRSEAL
Visitas
...
Marcelli Tainah Marcante, Sérgio Eduardo Alonso Araújo, Ana Sarah Portilho, Bruna Borba Vailati, Victor Edmund Seid
Hospital Israelita Albert Einstein, São Paulo, SP, Brasil
Informação do artigo
Texto Completo
Baixar PDF
Estatísticas
Texto Completo

Cerca de 60% das neoplasias do intestino grosso estão localizadas no reto.A excisão total do mesorreto (ETM) minimamente invasiva beneficia os pacientes com câncer do reto por estar associada a melhores desfechos cirúrgicos imediatos e a segurança oncológica. Com o avanço da tecnologia novas opções surgem visando melhores resultados, diminuição de tempo operatório e favorecimento para a operação. O aparelho insuflador AirSealaparece com esse propósito. No presente vídeo, demonstra‐se a técnica de retossigmoidectomia com excisão total do mesorreto totalmente laparoscópica, com o emprego do insuflador AirSeal. Foi realizada anastomose coloanal término‐terminal mecânica e ileostomia de proteção em um paciente do sexo masculino, portador de adenocarcinoma do reto distal que foi submetido a tratamento neoadjuvante e submetido ao procedimento 12 semanas após o término da radioterapia. O estadiamento era yrmT3N0. Observou‐se que com o uso do insuflador o tempo operatório diminui consideravelmente devido a alguns fatores a se considerar: não há “embaçamento” da câmera – o que é muito importante na dissecção do reto, não há perda de pneumoperitônio em nenhum momento e com isso a cirurgia torna‐se eficiente e diligente. Em contra ponto vemos, por enquanto, a indisponibilidade e alto custo do aparelho.

Idiomas
Journal of Coloproctology

Receba a nossa Newsletter

Opções de artigo
Ferramentas